Sejam Bem-vindos!     Telefones: (62) 3624-4669

Image Alt

  /  Ajuda   /  COMPROMISSO

COMPROMISSO

Apóstolo Sinomar Silveira

 

Ninguém se casa com uma pessoa, se no momento de formalizar a aliança, a promessa de fidelidade for de apenas 99%. Jesus nunca omitiu que o discipulado tem preço. A salvação é de graça, mas uma vez salvos temos o compromisso de levar essa notícia para todo o mundo. Hoje nós somos a boca de Deus para proclamar as boas novas (Kerygma).

Então Jesus disse aos seus discípulos: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me (Mt 16:24).

“…porque a alegria do Senhor é a vossa força” (Ne 8:10).

O compromisso firmado com Deus deixa em segundo plano o trabalho, a família, a comodidade e os interesses pessoais; você estabelece uma aliança com Ele.

Quem ama seu pai ou sua mãe mais do que a mim não é digno de mim; quem ama seu filho ou sua filha mais do que a mim não é digno de mim; e quem não toma a sua cruz e não me segue, não é digno de mim. Quem acha a sua vida a perderá, e quem perde a sua vida por minha causa a encontrará (Mt 10:37-39).

Este texto das Escrituras nos leva a meditar sobre o nível de comprometimento que temos com Deus.

O compromisso da igreja do primeiro século produziu uma explosão de crescimento, pois quando se tem discípulos comprometidos há uma resposta imediata de Deus gerando uma colheita maravilhosa.

O filho pródigo saiu de casa porque não queria se comprometer com os serviços do seu pai – queria viver à sua maneira. Eu não preciso dizer que não deu certo. Penso que é chegada a hora de muita gente se arrepender e voltar para a casa do Pai e ser incluído novamente no propósito. Não fomos chamados para cuidar de porcos, mas sim para pastorear ovelhas.

Muitos hoje estão abandonando os seus postos com a justificativa de que “precisam de um tempo” – você já ouviu isso?

Essas pessoas estão procurando o seu ministério pessoal e egoísta. Elas dizem: Eu quero fazer a obra do meu jeito, senão vou embora e “quero os meus bens”. Seguir a Jesus é algo que ninguém pode nos obrigar, mas se tomarmos essa decisão, precisamos entender que há um compromisso a ser firmado – temos que negar a nós mesmos por causa de um trabalho infinitamente superior e mais excelente.

Davi era um pastor de ovelhas, responsável e comprometido com a causa do seu pai. Deus o achou atrás das malhadas e o levou para o trono de Israel porque era comprometido.

Quem quer se preservar e não quer ser incomodado não pode ser um líder.

Ora, quem põe a mão no arado não deve mais olhar para trás (Lc 9:62).

Um líder de verdade só olha para frente.

 

Postar Comentário