Sejam Bem-vindos!     Telefones: (62) 3624-4669

Image Alt

  /  Ajuda   /  Orgulho

Orgulho

Por Apóstolo Sinomar Silveira
O temor do Senhor consiste em odiar o mal. Deus declara: Eu odeio a soberba, a arrogância e a boca que fala coisas perversas” (Pv 8:13).
A sede do orgulho está no coração e somente nele. Toda vez que o orgulho é regado, ele floresce ainda mais. Peguemos o texto acima, do sábio Salomão e juntemos com aquela expressão do monge e filósofo do século XIII, Isaac de Stella: “Os olhos orgulhosos do homem serão abatidos e a soberba dos mortais será humilhada” e, então, chegaremos à conclusão de que toda a prepotência e toda a vaidade nascem e crescem no jardim de Satanás e são odiadas por Deus.

 

Tenho observado que os que desejam proeminência e grandeza, mas não se tornam orgulhosos, fazem parte de um grupo raro. Nem o maior anjo do céu conseguiu e nem o primeiro homem, mesmo tendo vivido num paraíso. Gosto de uma expressão do pensador e filósofo chinês, Confúcio: “Não te suponha tão grande que os outros te pareçam pequenos”. Um homem presunçoso pode ser comparado a uma pessoa velejando em um balão – ele sempre acha os seus expectadores, que estão na terra, muito pequeninos. É por isso que as Escrituras declaram: “A soberba precede a ruína, e o espírito orgulhoso precede a queda” (Pv 16:18).

 

Ora, o orgulho divide as pessoas – a humildade os une. O próprio Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.
A maior de todas as faltas é quando imaginamos que não temos nenhuma. Uma das maiores provas de mediocridade é não reconhecer a superioridade dos outros.

 

Concluo com uma observação que faço diariamente: A soberba não perdoa, a humildade não se vinga.
Postar Comentário